Acidentes domésticos – Como prevenir?

As crianças estão em casa, portanto, precisamos ter cuidado redobrado! Acidentes domésticos podem ser evitados com medidas simples de prevenção.

Crianças são inocentes, gostam de testar os limites, têm muita curiosidade e adoram uma aventura, e também têm percepção limitada do ambiente onde estão.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria – SBP, no Brasil os acidentes domésticos representam a principal causa de morte entre crianças e adolescentes de 1 a 14 anos. Todos os anos, são registrados cerca de 3,6 mil óbitos infantis, sendo maiores causas o atropelamentos e em segundo lugar, afogamentos.

Além disso, outras 111 mil crianças são hospitalizadas devido a acidentes domésticos no país, sendo mais da metade por quedas e queimaduras.

Leia também a Cartilha do Ministério da Saúde: “Vamos nos proteger

Recomendações Gerais

  • Tomadas elétricas devem estar protegidas, além disso, a fiação deve estar em bom estado e fixada no alto e os fios precisam ficar presos e recolhidos;
  • Grades ou telas devem proteger as janelas. Se forem do tipo basculante, por exemplo, a abertura deve estar limitada a 10 cm, com corrente;
  • Embaixo das janelas, não deve ter nenhum móvel, a fim de não despertar tentativas de escalada e dessa forma, evitar quedas;
  • Os cantos dos móveis devem ser arredondados para que evite lesões e traumas;
  • Adultos nunca devem fumar dentro de casa;
  • Para evitar enforcamento, as cortinas não devem ter puxadores;
  • Use protetores nas portas.

Cozinha

Este é o cômodo que oferece maior risco para queimaduras e outros acidentes domésticos, como por exemplo, cortes, lacerações e intoxicações. Desse modo, o acesso também deveria ser impedido por uma porta. Vale ressaltar que a porta do forno é muito atraente para os bebês que gostam não só de se apoiar, como também se enxergar nela.

  • Portanto, no momento de preparo das refeições, recomenda-se a porta fechada para impedir o acesso da criança;
  • Certamente, é mais prudente sempre usar “as bocas” de trás do fogão, especialmente para os líquidos mais quentes, frituras e panelas abertas. No momento em que cozinhar, nunca deixe os cabos das panelas para fora do fogão;
  • Objetos cortantes (por exemplo, facas, garfos, pratos e copos de vidro) devem ficar fora do alcance, em gavetas e armários com travas;
  • Da mesma forma, os materiais de limpeza que devem estar em suas embalagens originais e fora do alcance, em armários altos e trancados;
  • Assim como fósforos e isqueiros também;
  • O botijão de gás precisa ser mantido do lado de fora da cozinha e as válvulas de liberação sempre fechadas.

Banheiro

  • Primeiramente, os armários com cosméticos, medicamentos, aparelhos elétricos devem ficar fora do alcance das crianças e trancados;
  • Deve ser bem ventilado, e, se houver aquecedor a gás, este deve passar por controle periódico;
  • Atenção! A tampa do vaso sanitário deve ser mantida fechada e travada.
  • O piso deve ser mantido sempre seco, e se tiver tapete, deve ser antiderrapante;
  • Aparelhos elétricos não devem ser mantidos nas tomadas ou ligados após o uso.

Corredor e escadas

  • Seja como for, essas áreas devem ser mantidas sempre iluminadas;
  • De preferência, o piso deve ser antiderrapante, sem tapetes ou objetos que atrapalhem a circulação.
  • A fim de evitar quedas, as escadas devem ter portões ou cancelas, não apenas em cima, como também embaixo).

Quarto das crianças

  • As camas devem ter largura de 80 cm a 1 metro, com proteções laterais e os espaços entre as grades devem ser de 5 a 7 cm, ou seja, para evitar que as crianças prendam alguma parte do corpo;
  • Cuidado com as camas tipo beliche – pois, não oferecem segurança em nenhuma idade. Mesmo com proteção nas laterais, não é indicada nos primeiros anos de vida e, para as crianças maiores, por exemplo, além da necessidade de proteção lateral, a cama de cima não deve ser mais alta que a altura da criança;
  • Ajuste o lençol do colchão e tenha cuidado com cobertores, almofadas e travesseiros. Cobertores e lençóis devem ser presos no pé da cama para evitar asfixia;
  • Evite colocar TV e/ou abajures;
  • Os brinquedos devem ser guardados em caixas com tampas removíveis, no entanto, os brinquedos das crianças maiores devem ficar em prateleiras mais altas, longe dos menores. 

Quarto do casal

  • TV e outros aparelhos eletroeletrônicos devem ser instalados sobre móveis firmes e estáveis;
  • Evite usar a mesma tomada para dois ou mais aparelhos;
  • Produtos de higiene pessoal, perfumes, cosméticos e medicamentos devem ser guardados em armários fora do alcance e trancados.

Sala de estar e jantar

  • Os aparelhos eletrônicos devem ficar fora do alcance das crianças;
  • Da mesma forma, que bebidas alcoólicas também;
  • Os móveis devem ter pontas arredondadas ou protetores, as mesas precisam ser firmes, preferencialmente não ter objetos e enfeites pequenos que podem ser engolidos ou aspirados;
  • Evite plantas ornamentais de fácil acesso.

Lavanderia, jardim, quintal, garagem, varandas elevador

  • A lavanderia deve ser proibida ao bebê, pois, uma pequena coleção de água, em um balde ou bacia pode causar o afogamento. Por isso, baldes e bacias devem ser esvaziados após uso e mantidos em local alto;
  • Produtos de limpeza e pesticidas (afinal, são tóxicos), ferramentas e outros objetos devem ser mantidos em armários altos e trancados;
  • Certifique-se de que o tanque de lavar roupa está bem fixo, não se deve deixá-lo cheio de água ou roupas;
  • A piscina deve ter muro, cerca ou grades de proteção (em seus quatro lados) e portão com tranca alta, lona de cobertura e preferencialmente alarme;
  • Portões e portas de saída devem estar sempre fechados e trancados;
  • Cuidado com plantas, antes de comprar, verifique se não são venenosas;
  • Menores de 10 anos nunca podem andar sozinhos no elevador, pois podem prender o pé no espaço entre o carro e a parede;
  • Fogueiras, churrasqueiras, braseiros e fogos de artifício não são coisas para se deixar acessíveis às crianças de idade alguma.

Fonte:
Sociedade Brasileira de Pediatra.

Essas dicas são extremamente importantes, compartilhe com familiares e amigos, ajude a proteger nossas crianças! 💙

Confira também em nosso blog: Testes para Coronavírus – Tire suas dúvidas

Acidentes domésticos - Como prevenir? 
Aplicativo CUCO Health, disponível para Android e iOS.
Baixe nosso aplicativo gratuito nas lojas: Android e iOS

Acompanhe o CUCO nas redes sociais:
Instagram: @cucohealth
Facebook: CUCO
Canal do Youtube: CUCO – Lembretes de medicamentos